15 dezembro, 2008

Ranking Final do Circuito Brasileiro de Skate 2008


Ranking Final do Circuito Brasileiro de Skate 2008


A CBSk, entidade oficial que regulamenta o Skate no Brasil e realizadora do Circuito Brasileiro de Skate há 09 anos, divulga os rankings de 2008 nas modalidades Street e Vertical, nas categorias Profissional e Amador.

O Circuito Brasileiro de Skate acontece desde 1988 e a partir do ano 2000 passou a ser realizado pela Confederação Brasileira de Skate.

Na categoria Profissional da modalidade Street, o Circuito foi encerrado com 02 etapas realizadas, o “Doce Skate Pro” em Madre de Deus, Bahia e o já tradicional “Jogos de Ação” em Sobral, Ceará.

A etapa programada para Pernambuco foi transferida para 2009 devido a dificuldades políticas geradas graças ao ano eleitoral, mas no próximo ano deverá acontecer em maio, na cidade de Olinda.

Já a mais tradicional etapa do Circuito, que anualmente encerra a temporada de competições no Street, o “Qix Skate Pro”, também foi transferido para 2009, devido ao atraso nas seletivas regionais do Circuito Brasileiro Qix de Street Skate Amador.

Com isto, a grande final do Brasileiro Qix Amador e o Qix Pro, acontecerá em março de 2009, na cidade de São Paulo e só então será conhecido o campeão Brasileiro de Street Skate Amador de 2008.

O Qix Skate Pro 2009 será a 2ª Etapa do Circuito, uma vez que a abertura está confirmada para os dias 22, 23 e 24 de janeiro, em Madre de Deus, Bahia, com a realização da segunda edição do “Doce Skate Pro”.

Assim sendo, o Ranking Final do Circuito Brasileiro de Street Skate Profissional 2008 teve como Campeão o curitibano Rodil Araújo Jr, o Ferrugem, que superou o paulista Diego Oliveira por uma diferença de apenas dois pontos, 1902 para Rodil, contra os 1900 de Diego. Ferrugem chegou assim ao seu 9º (nono) título brasileiro. Confira abaixo as demais classificações:

POSIÇÃO - NOME - CIDADE/UF - 1ª ETP - 2ª ETP - TOTAL
01 Rodil Jr “Ferrugem” - Curitiba/PR - 902 + 1000 = 1902
02 Diego Oliveira - São Paulo/SP - 950 + 950 = 1900
03 Daniel Vieira - Curitiba/PR - 814 + 814 = 1628
04 Willian Seco - Botucatu/SP - 698 + 857 = 1555
05 Lucas Carvalho “Xaparral” - Londrina/PR - 540 + 902 = 1442
06 Klaus Bohms - Santo André/SP - 735 + 568 = 1303
07 Marcelo “Formiguinha” - São Paulo/SP - 663 + 630 = 1293
08 Ricardo Oliveira “Porva” - Cáceres/MT - 630 + 663 = 1293
09 Marcelo Gomes “Marreco” - Colombo/PR - 513 + 773 = 1286
10 Rodolfo Ramos “Gugu” - Cascavel/PR - 1000 + 0 = 1000

*Acesse o link a seguir para ver todas as colocações - http://www.cbsk.com.br/asp/ranking_2008.htm

Na modalidade Vertical o ano começou muito bem, com a realização do Balneário Camboriu X-treme, em Santa Catarina. A competição válida como 1ª Etapa do Circuito Brasileiro de Skate Vertical foi disputada nas categorias Profissional e Amador.

No Vertical Amador, o Circuito ainda teve sua 2ª Etapa disputada em junho em São Bernardo do Campo, São Paulo, durante o Circuito Vans Vertical Amador. Já no Vertical Profissional, com o cancelamento das etapas de Belo Horizonte e Recife, o ranking final ficou com a pontuação conquistada no Balneário Camboriu X-treme.

Assim, o Ranking Final do Circuito Brasileiro de Skate Vertical Profissional 2008 teve como Campeão o paulistano Marcelo Bastos, que conquista o título brasileiro no seu primeiro ano como profissional. Confira os resultados abaixo:

POSIÇÃO - NOME - CIDADE/UF - 1ª ETP - TOTAL
01 Marcelo Bastos - São Paulo/SP - 1000 = 1000
02 Marcelo Kosake - Curitiba/PR - 950 = 950
03 Mizael Simão - Curitiba/PR - 902 = 902
04 Rodrigo Menezes “Digo” - São Paulo/SP - 857 = 857
05 Vitor Simão - Curitiba/PR - 814 = 814
06 Lincoln Ueda - Guarulhos/SP - 773 = 773
07 Cristiano Mateus - São Paulo/SP - 735 = 735
08 Sandro Dias - Santo André/SP - 698 = 698
09 Eugênio Amaral “Geninho” - São Paulo/SP - 663 = 663
10 Bruno Passos - Rio de Janeiro/RJ - 630 = 630

*Acesse o link a seguir para ver todas as colocações - http://www.cbsk.com.br/asp/ranking_profissional_2008.htm

O Ranking Final do Circuito Brasileiro de Skate Vertical Amador 2008 ficou assim:

POSIÇÃO - NOME - CIDADE/UF - 1ª ETP - 2ª ETP - TOTAL
01 Ronaldo Gomes - São Paulo/SP - 1000 + 1000 = 2000
02 Carlos Felipe Niggli - São Paulo/SP - 902 + 950 = 1852
03 Alan Resende - Santo André/SP - 950 + 773 = 1723
04 Dan Cesar - Santo André/SP - 773 + 902 = 1675
05 Martin André - São José/SP - 814 + 857 = 1671
06 Diego Bigode - Santo André/SP - 735 + 814 = 1549
07 Ricardo Nicolete - São José/SP - 663 + 663 = 1326
08 Caio Peres - São Paulo/SP - 540 + 735 = 1275
09 Raul Roger - São Paulo/SP - 857 + 0 = 857
10 Gustavo Lesse - Guaratinguetá/SP - 0 + 698 = 698


*Acesse o link a seguir para ver todas as colocações - http://www.cbsk.com.br/asp/ranking_amador_2008.htm

Ao contrário do que vem sendo divulgado nos últimos dias, a competição de skate vertical amador que acontecerá no próximo final de semana na cidade de Santo André, não faz parte do Circuito Brasileiro de Skate. Trata-se de uma disputa isolada e organizada por uma entidade que não é a oficial regulamentadora do Skate.

O ano de 2009 começará agitado também para o Vertical com o Rio Vert Jam confirmado para os dias 07 e 08 de março, chegando assim a sua 9ª edição e apesar de não ser válido para o Ranking Brasileiro, será a primeira etapa do Circuito Mundial da WCS - World Cup Skateboarding.

Na semana seguinte, de 12 a 15 de março, acontecerá a 1ª Etapa do Circuito Brasileiro de Skate Vertical Profissional e Amador 2009, com a realização do Floripa Vert X-treme, na capital catarinense.

Para a CBSk, o balanço do ano de 2008 foi muito positivo para o Skate no país. Além de 2008 entrar para história como um ano da realização de grandes eventos de Skate no Brasil, como a Megarampa, os X-Games, e o Rio Vert Jam, todos eles assistidos ao vivo por milhões de telespectadores no Brasil e no mundo, as conquistas não ficaram apenas nos eventos de enorme repercussão de mídia.

No Circuito Brasileiro de Street Skate Profissional de 2008, a principal evolução alcançada foi em relação às premiações, com o Doce Skate Pro oferecendo R$ 45.000,00 em dinheiro e destinando toda arrecadação das inscrições para premiação do Best-Trick além do expressivo aumento de R$ 18.000,00 para R$ 30.000,00 na premiação da etapa de Sobral. No Vertical, o Balneário Camboriu X-treme ofereceu R$ 44.000,00. Assim o Circuito Brasileiro passou a pagar premiações equiparadas e em alguns casos até maiores do que as oferecidas nas etapas do Circuito Mundial.

Outra conquista importante que valoriza em muito o Circuito Brasileiro de Skate da CBSk é o fato dos eventos passarem a ser reconhecidos como seletivos para os skatistas pleitearem o benefício do Programa Bolsa Atleta do Ministério do Esporte. Em 2008, pela primeira vez na história do Skate, os eventos homologados e indicados pela Confederação Brasileira de Skate foram reconhecidos como válidos para a solicitação do benefício do Governo Federal que oferece ajuda de custo mensal para os atletas que estejam entre os 03 melhores das competições indicadas pela entidade, desde que estes não tenham patrocínio com remuneração em dinheiro. Neste sentido, os 03 melhores colocados nos rankings acima, poderão pleitear a Bolsa perante o Ministério do Esporte, desde que estejam sem patrocínio em dinheiro. Vale ressaltar que já no primeiro ano, 38 skatistas de 08 modalidades foram contemplados e juntos receberão R$ 396.000,00.

Em breve a CBSk divulgará os rankings das modalidades Downhill Slide, Downhill Speed, Longboard, Slalom, Banks e Freestyle, que apontarão os demais skatistas que poderão pleitear o benefício.

Entre as novidades para 2009 está a criação de um fundo para garantir uma premiação para o Campeão do Circuito. Com exceção da Etapa de Madre de Deus que novamente oferecerá o valor arrecadado com as inscrições para a premiação do Best-Trick, nas outras etapas, 40% do valor arrecadado com as inscrições será destinado a premiar o Campeão do Circuito. Até então, o valor total das inscrições ficava para as empresas promotoras dos eventos.

O fortalecimento do Circuito Brasileiro de Skate continuará sendo um dos principais objetivos da CBSk, já que um Circuito com cada vez mais etapas é de suma importância para os skatistas profissionais de competição do Brasil poderem manter suas carreiras nacionalmente, já que nem todos conseguem ou querem construir uma carreira internacional e até mesmo porque a maioria dos grandes eventos internacionais são fechados para poucos convidados.

A Confederação Brasileira de Skate agradece aos promotores das etapas, as prefeituras das cidades que investem no Circuito Brasileiro e aos atletas que participam do Circuito.

Por: Marcelo Santos
Presidente da CBSk

Acesse: http://www.cbsk.com.br

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails
Ocorreu um erro neste gadget