03 dezembro, 2006

Desafio de rua 100% com feminino? por que não?

eliana sosco na capa da 100%em um nose slide

No Brasil ,durante anos, skatistas vêm buscando evolução nas manobras, roupas, equipamentos, peças e também ( ) estar em cidades diferentes, com diversidades de picos. Isso vem sendo mostrado através da mídia, revistas, sites e vídeos de skate.

Em meio a tudo isso há mulheres envolvidas na fotografia com skate, redações, filmagens e, claro, andando de skate.
A cada dia que passa, as meninas vêm conquistando seu espaço no skate (brasileiro), isso vem acontecendo desde 1995, quando as


meninas da época começaram a andar e conquistar seu espaço em um campeonato. Muitas coisas vêm acontecendo desde então, tanto alegrias quanto decepções.

patiane. num flipão
Estamos em 2006, século XXI, e ainda existe o tal do preconceito, digamos assim. Não generalizando, mas existe uns caras no mundo do skate e fora também, (mas estamos falando necessariamente dos que estão dentro), que não aceitam mulheres andando no carrinho,talvez porque queiram que sejam umas bonequinhas de porcelana, porque acham que mulher foi feito pra ser assim, ou talvez tenha receio de uma mina andar mais que eles, e detona-los em algumas manobras.
A questão é a seguinte, nós mulheres que também somos skatistas de alma, queremos alcançar mais um objetivo.

Existe um evento IDEALIZADO pela revista de skate, a 100%, que se chama DESAFIO DE RUA da 100%, é especializado para a mídia no qual são as marcas de skate que convidam seus atletas, nada de público,tudo no sigilo, mas ,ao final, mostram para todos. É Muito conhecido pelos skatistas amadores e profissionais, porque ,aliás , os convidados para tal são apenas HOMENS. Mas porque não convidam MULHERES? Ou porque não um desafio FEMININO?, Já que é para homens, mulheres,amadores e profissionais!

Eu conversei com varias pessoas sobre isso, e muitos falaram o seguinte:

“ Sim seria ótimo, se convidassem uma ou duas minas para o desafio. Eu acho que as categorias deveriam ser juntas.” (Lucas pexao)

“ Acho que o feminino apesar da evolução, não está preparado para um desafio desse.” ( Adones )

“ Só se todas andarem de biquíni” ( brincadeiras a parte) - ( total sigilo)

Vamos falar sobre esses pontos negativos. Se existem pessoas que acreditam que a categoria feminino em champs e etapas do mundial deveria ser tudo junto, porque não o desafio para o sexo feminino, ou participação no desafio?

“Ah faz você!”. Mas aí está a outra questão, o desafio é idéia da 100%, se fizermos será uma cópia, não será o original, entende?

Tem muita mina se destacando no Brasil a fora, tá certo que a maioria são bitoladas em pistas, e não andam no street, mas, quando ou se surgir, muitas minas irão começar andar nas ruas, teriam mais estimulo. Aliás, no futuro próximo os campeonatos vão rolar nas ruas com obstáculos naturais, temos exemplos como o champ ABASEDASRUAS, circuito de obstáculos naturais.


E com isso, no Brasil, já que o nível não é tão grande assim, haverá melhoras, elas ficará menos apreensiva, pois irão se acostumar com a idéia de andar mais na rua, já que infelizmente o grande ponto do feminino está nos campeonatos. ( Graci Santiago)


Pois é, concordo com o ponto d vista feminino. E também acho que não tem erro nem desculpas para realizar um desafio feminino, A ABSFE esta aí para apoiar total esta idéia, mas não para fazer um evento separado .Tem meninas com um nível muito bom para hj disputar um evento desse nível, não precisa ter 10 minas, mas 1 que represente bem a categoria.
È claro que a idéia esta lançada!!. e as meninas ( skatistas) tem que buscar isso também, e não esperarem algum anjo arrumar todo um esquema de milagres e apenas ligar e convidar. As meninas tem que cobrar, fazer e mostrar que são capazes. Por isso "acho" que tem que ser um evento junto com a dos caras, e não separados.Porque enquanto tiver separados, nunca serão vistas de igual pra igual.
Tem exceções, como circuitos e eventos mais direcionados. Mas tem coisas que a mulher tem que mostrar a real evolução, + o que elas falam e cobram( que não é pouco) Por tanto, continuem evoluindo, fazendo seus promos, correndo campeonatos bom, e claro, cobrarem mais desses eventos para que teja uma categoria representativa do feminino. Sempre haverá um começo. E isso esta nas mãos de vcs ( skatistas ) também.
Senão as meninas serão vistas como “ andar de bikini”, ou “ com uma calça colando e top”.. A mulher tem sempre que ser feminina, mas isso já é fueda, num mundo machista que vivemos. Força mulherada. ( Tat Marques)

Texto: Graciele Santiago ( GRACI)- Brasília
Tat Marques

Mandem seu ponto de vista( criticas,sugestões) para nós.

12 comentários:

Anônimo disse...

acho que as minas tinham que correr atras

Anônimo disse...

Exatamente...

Alguma das minas que tem nível se interessam por competir em um campeonato nesse estilo?

Faltou pedir a opnião delas.
As maiores interessadas... pq se elas topassem sendo um evento inédito não faltariam interessados em patrocinar o evento.

Anônimo disse...

concordo com este ponto acima.
as maiores interessadas tem que dar opnião, e como foi escrito
correr atras e mostrar...
iria ser muito legal.
tem muitas meninas talentosas aqui.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

cara nego nao respeita mesmo viu..
fala serio!!!

Anônimo disse...

Muita mina anda melhor qu ea larissa! e problme eh dela se ela gosta de ficar mostrando o bundao dela com auqelas roupas !

Anônimo disse...

Cara esses comentarios parece de ser de um cara que ta com o cu trincado,e raivinha do texto!!!!ridiculo.....vai aprender a andar de skate seu merda.....a tati eh bem melhor qeu sua namorada chiea de celulite,se eh que vc tem isso....viadinho!!!!

karen jones disse...

espero que esse bagulho não tome um caminho zuado..

se as minas tem capacidade pra andar nos obstaculos não tem porque não participar...até no goffy versus regular teve mulhé junto.as pessoas ainda não se ligaram disso..mas só agente dando as caras pra mudar..
tá registrado...as minas queriam ter ido..na próx. quem sabe..

karen jones disse...

putz...realmente...
queriam ter ido mesmo??
senão nem vale a pena ficar metendo a boca...

joao do pulo disse...

com todo respeito ao skate feminino q eu acompanho e admiro muito; mas acho q não tem muitas meninas no brasil com com o Nível de LOUCURA para Fazer um desafio de rua . nem em picos de medio porte.
Vi recentemente um Game Of SKate Feminino onde a Lacey Baker ganhou .. e achei bem da hora...
ms por aki no brasa ainda tem poucas meninas com a base suficiente para se fazer um desafio de rua q nao fique mto tosco...
eh o q eu acho . sei lah mas andar na rua pra filmar e tirar foto eh muito foda. As vezes corre se o risco de nao render muita coisa!!!
é uma idéia pra ir amadurecendo.
acho q um GAME OF SKATE seria melhó.

tat disse...

as meninas tem muita capacidade de fazer.
Ideia são aperfeicoadas todos os dias. E não existe problemas nem tosqueiragem em rolar um desafio, ou qq outro evento onde é exigido a capacidade e criatividade feminina.
Se muitos e muitas de vcs preferem pagar um pau ao skate feminino da gringa, saibam que la ganham salario, e grana para filamar, alem da capacidade de descolar uma puta filmadora, e pessoas disposta a fazer um bom trabalho.O que aqui nada disso existe, a não ser a boa disposicão brasileira.
E é isso...

graciele disse...

eh isso aê tati..concordo com vc mana!!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails
Ocorreu um erro neste gadget